> Voltar para lista de serviços

CIBERGESTÃO

Curso presencial de capacitação para CiberGestores e Mentoring para Cibergestores.

CONCEITO DOS SERVIÇOS:

Como demonstram estudos realizados no cenário corporativo implicado redes sociais, o ambiente virtual mantém e reproduz a cultura existente no contexto real.

Neste sentido, para a utilização de uma rede social ou comunidade virtual que pretenda tornar-se uma comunidade de fato e usufruir dos benefícios que ela comporta, é de vital importância a presença de uma nova figura profissional gestora destas atividades: o Cibergestor (*).

O Cibergestor é um profissional com conhecimento do comportamento humano, dos paradigmas da comunicação e da complexidade das inter-relações humanas no âmbito pessoal e profissional. Desempenha uma mediação atenta da comunicação e das relações no ambiente virtual, de forma sensível às manifestações emocionais entre os membros, ao compartilhamento da comunicação e principalmente ao desenvolvimento de sentimento de pertença entre os participantes.

Realiza a mediação, incentivando os comportamentos positivos dentro da comunidade, visando fortalecer o sentimento de pertença e propiciar o convívio baseado na ética e na cidadania. Ainda é de sua competência elaborar relatórios periódicos, com embasamento teórico sempre atualizado, sobre o andamento da comunidade e fornecer soluções criativas para o alcance de melhorias e de novas iniciativas.

Representa a presença constante da empresa dentro da comunidade corporativa.

(*) Nota: O termo “Cibergestor” foi criado na pesquisa “Estudo de caso sobre uma comunidade virtual corporativa”; Eixo Temático: Trabalho (psicologia organizacional), por sua autora: Sandra Cristine Machado

DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS DE CIBERGESTÃO

Os serviços de Cibergestão consistem na administração proativa da comunicação e informação, presentes em todos os setores de uma Rede Social Corporativa. Este serviço deve incluir:

- Analisar periodicamente dos objetivos de comunicação junto ao responsável (administrativo) da
Rede Social Corporativa.

- Definir a estratégia de comunicação daquela comunidade.

- Sugerir, de forma proativa, ações para o melhoramento ou direcionamento da comunicação.

- Atuar na estratégia de comunicação incluindo:

FÓRUM

- Sugestão para criação de fóruns;
- Criação conceitual do Fórum;
- Lançamento do Fórum;
- Abertura do Fórum;
- Mediação da comunicação do Fórum;
- Fechamento do Fórum;
- Relatórios sobre o Fórum realizado.

MURAIS
- Análise da comunicação;
- Mediação da comunicação;
- Relatório de comunicação.

ENQUETES
- Análise das necessidades de enquete junto ao responsável da Rede;
- Publicação das enquetes;
- Relatórios sobre as enquetes.

AMBIENTES
- Análise da comunicação em cada ambiente da Rede (se houver);
- Sugestão de iniciativas para informação e comunicação em cada ambiente da Rede;
- Gestão do processo de desenvolvimento destas iniciativas.

CIBERGESTOR: PERFIL DO PROFISSIONAL

O perfil do profissional a ser contratado para esta função deverá ter as seguintes características:

- Graduação, preferivelmente nas áreas de psicologia, jornalismo, comunicação, ciências sociais,
sociologia ou relações públicas;
- Conhecimentos dos aplicativos de office;
- Conhecimento das ferramentas de rede;
- Habilidade de comunicação escrita;
- Habilidade na mediação de discussões;
- Capacidade analítica;
- Capacidade de síntese;
- Proatividade;
- Assertividade.

Este profissional deverá ser treinado e capacitado nos seguintes temas:

- No uso e na estrutura da RSC;
- Dinâmicas de comunicação em rede;
- Uso das ferramentas colaborativas em rede;
- Comunicação escrita;
- Técnicas de mediação.


ORGANIZAÇÃO:

Análise das competências

O treinamento e o tempo dedicado à ele é um investimento significativo que merece ser preservado.

Por meio deste serviço, com o uso de métodos comprovadamente eficazes, podemos criar um percurso de treinamento que responde efetivamente as exigências dos candidatos, evitando gastos inúteis de tempo e dinheiro e aumentando o retorno nos investimentos.

- Analisamos as exigências de treinamento junto ao manager;
- Realizamos testes para análise técnica das competências;
- Entrevistamos pessoalmente cada candidato para adquirir dados indispensáveis para a escolha da metodologia correta de aprendizado a ser utilizada;
- Redigimos um report identificando as lacunas nas competências a serem preenchidas;
- Definimos um plano de treinamento que visa preencher as lacunas da forma didaticamente mais eficaz e veloz.

Independentemente dos argumentos de treinamento, a nossa metodologia permite criar testes e programas de treinamento sobre qualquer situação, mesmo que a propriedade intelectual seja exclusiva da empresa-cliente.


Análise da Função

A análise da função (Role Analysis) representa a base sobre a qual se constrói uma organização eficiente. Se a função (Role) é bem definida, é possível identificar as lacunas que existem entre as atuais competências dos funcionários e aquelas requeridas pela função (Skill Analysis).

A definição correta da função também está na base do processo de seleção do pessoal.

A principal razão para efetuar uma Role Analysis é ajudar a empresa a melhorar a eficácia dos seus funcionários e a eficiência das suas organizações.

A Role Analysis é efetuada através da identificação de alguns elementos chaves de uma função de trabalho:

-Responsabilidades;
-Atividades-chave;
-Atividades diárias.


Change Management

A introdução de um sistema de e-learning produz, inevitavelmente, muitas mudanças, não somente na organização, mas também nos hábitos do pessoal administrativo e nos usuários. É fundamental controlar de perto estas mudanças com o intuito de assegurar que não ocorram problemas motivacionais nas pessoas responsáveis pelo treinamento, bem como nos usuários.

Não adianta ter um sistema de e-Learning perfeitamente organizado, eficiente e eficaz se, após a implantação, ele não é devidamente utilizado. Por meio de um estudo junto à empresa-cliente, a LearnWay está em condições de monitorar mudanças, além de garantir aceitação e motivação por parte dos usuários.


Education Project Management

A atividade de project management tem responsabilidade de tempo, custo e qualidade relacionadas ao gerenciamento de um projeto.

Quando o projeto é focalizado na área de treinamento, existem fatores que são diretamente responsáveis pelo sucesso deste treinamento e que não são contemplados pelo Project Management.

O Education Project Management visa preocupar-se também com estes aspectos.

Trata-se de um project management focalizado nos objetivos de treinamento e de business a serem alcançados.


Estudo do impacto na organização

A introdução do e-learning na empresa provoca um impacto no trabalho e na organização, permitindo o aparecimento de novos perfis profissionais, transformando competências necessárias, mudando competências necessárias e diminuindo/aumentando trabalhos específicos.

Se não for previsto o impacto deste novo sistema na empresa, corre-se o risco de o treinamento tornar-se pouco eficiente, comprometendo também a eficácia didática.

A LearnWay, junto à empresa-cliente, realiza um estudo do impacto organizacional com o intuito de prever e resolver qualquer problemática, objetivando a maximização da performance do sistema de e-learning.


Estudo de viabilidade

O estudo de viabilidade permite definir quais vantagens efetivas o e-learning trará à empresa-cliente. Neste estudo são analisados todos os parâmetros do treinamento que a empresa oferece atualmente aos seus funcionários. Com base nestes parâmetros, a LearnWay identifica :

- Quanto treinamento é possível realizar à distância e quanto deve permanecer em presença (break-even point quantitativo);

- Qual treinamento pode ser realizado à distância e qual deve permanecer em presença (break-even point qualitativo);

- Qual treinamento deve ser criado e qual pode ser adquirido no mercado (Make or Buy analysis);

- O impacto do e-learning na organização;

- O Retorno sobre os Investimentos (ROI) .


ITIL: Information Technology Infrastructure Library

A LearnWay oferece treinamento específicos sobre estas temáticas e consultorias para o assessment dos processos departamentais.

"Primeiramente gostaria de parabenizar o treinamento que obtive da empresa Learn Way e Urbitec, nos dias 05 e 06 de agosto, sobre IT Governance - COBIT e ITIL.

Além de ser muito bem recepcionada pela equipe de vocês, as aulas e o material foram de um nível excelente, com um conteúdo claro e abrangente, bem colocado pelo instrutor e que atendeu às minhas expectativas e necessidades. "

Isabele Costa
DITI - Diretoria de TI - Companhia Vale


Mentoring

"O mentor não faz, mas coloca você em condições de fazer."

O nosso serviço é focalizado na transformação dos profissionais mais talentosos da sua empresa em mentores, sem contudo, termos a intenção de ministrar atividade de mentoring.

O objetivo é melhorar o knowledge management interno e capitalizar os maiores conhecimentos da empresa.

Um mentor será capaz de ajudar os seus colegas, tornando-se um ponto de referência importante para o desenvolvimento das tarefas mais delicadas.


Programas de "induction"

Nos seus primeiros dias de trabalho o funcionário recém-contratado encontra várias dificuldades de ambientação. Algumas de caráter admnistrativo, outras ligadas a uma visão incompleta da empresa e da organização para a qual trabalha, outras pela pouca compreensão do ambiente de trabalho e outras ainda para uma vaga compreensão da própria função e do seu relacionamento com o resto da empresa.

Essas dificuldades aumentam o tempo de produtividade de um funcionário na sua função e podem criar vícios difíceis de corrigir depois.

Por meio de entrevistas com o management oportunamente estruturadas, em pouco tempo:

- Estudamos a empresa e a organização;

- Identificamos corretamente a função do candidato e as suas relações com a empresa;

Criamos um kit personalizado de recepção para a empresa que inclui:

- Web Based Training para uma perfeita navegação na empresa;

- Mapa tridimensional da própria função;

- Acompanhamento de um mentor;

- Focus group;

- Fórum;

- Treinamento especializado (Rapid Reskilling).


Programas de seleção

Com o nosso programa de Seleção visamos auxiliar as empresas na difícil tarefa da seleção da pessoa certa no lugar certo.

Nem sempre o melhor profissional é o melhor candidato para uma vaga: é preciso escolher o que esteja mais apto para ocupá-la.

O nosso serviço providencia:

- Identificação da função;

- Criação do anúncio de seleção;

- Classificação de curriculum;

- Preparação das entrevistas;

- Condução de entrevistas;

- Assessment Center;

- Seleção final do candidato.


Treinamento

A LearnWay possui uma série de cursos dedicados à formação dos perfis profissionais necessários a um sistema e-learning.

Curso preparatório para TUTOR

O tutor é a figura principal do ensino à distância. Ele deve possuir competências técnicas suficientes para administrar aplicativos como aulas virtuais, fóruns e chats. Deve possuir também habilidades didáticas para conduzir uma comunidade virtual, além de ser um ótimo moderador.

Nosso curso visa preparar o tutor também para os conhecimentos de:

- Tecnologia;

- Metodologia didática;

- Comunicação escrita;

- Condução de comunidades virtuais (síncronas e assíncronas);

- Leadership de comunicação.

Curso preparatório para Administrador de Learning Management System (LMS)

Cada LMS precisa de um profissional com conhecimentos técnicos para administrar as suas funções, além da capacidade de organização didática afim de preparar e organizar as inscrições e o planejamento dos cursos.

Nosso curso inclui, entre outros, os seguintes tópicos:

- Funções e funcionamento de um LMS;

- A lógistica no ensino à distância;

- Exigências dos usuários versus exigências da empresa;

- Organização de curriculum de aprendizado;

- O Blended learning.

Curso preparatório para Gerencimanento de e-Learning

Ao responsável pelo ensino à distância cabem todas as incumbências relativas ao planejamento estratégico do treinamento, além do estudo do retorno sobre os investimentos (ROI). Nosso curso inclui, entre outros, os seguintes tópicos:

- Como criar um planejamento estratégico de treinamento;

- Como alinhar os objetivos de Business aos objetivos de treinamento;

- As vantagens estratégicas do e-learning;

- Cálculo dos custos diretos e indiretos;

- Como calcular e controlar o retorno sobre os investimentos (ROI).